Notícias

SEGURANÇA ALIMENTAR

Secretaria estadual de Santa Catarina abre chamada para compra de produtos da agricultura familiar

publicado: 21/01/2020 18h13, última modificação: 21/01/2020 18h40
Mais de R$ 70 mil serão investidos por meio do Programa de Aquisição de Alimentos; Propostas podem ser enviadas até 31 de janeiro
Divulgação.jpeg.jpg

Um dos itens da chamada é a compra de biscoitos caseiros - Foto: Divulgação MDA


Brasília/DF -
A Secretaria do Desenvolvimento Social de Santa Catarina está com chamada pública aberta para a compra de produtos da agricultura familiar. Ao todo, o órgão pretende adquirir R$ 70.496,14 por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) - na modalidade Compra Institucional. Acesse aqui o edital.

O diretor do Departamento de Compras Públicas para a Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania, Iberê Orsi, afirma que a iniciativa estimula famílias a qualificarem suas produções e fortalece a agroindústria local, já que um dos itens da chamada é a compra de biscoitos caseiros. “Dar preferência a produtos industrializados fomenta o mercado local e agrega valor aos produtores e às propriedades rurais”, ressaltou.

O fortalecimento do mercado, por meio da Compra Institucional, é um dos objetivos do Ministério da Cidadania em 2020. “Queremos cada vez mais fazer a integração entre os órgãos públicos e os pequenos produtores para garantir a geração de renda no campo e a qualidade dos alimentos adquiridos pelo governo federal”, afirmou Orsi.

As propostas para participar da chamada pública devem ser enviadas até 31 de janeiro, para a sede do órgão em Florianópolis (SC).

Saiba mais

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) tem duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Para alcançá-los, o programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e àquelas atendidas pela rede socioassistencial, pelos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e pela rede pública e filantrópica de ensino.

Por Diego Queijo 

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2030-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa